Bifes No Chik – vegan

Hoje é dia 1 de Novembro, Dia Mundial do Veganismo!

Para celebrar este dia tão especial, resolvi dar-vos um presente 🙂 uma receita fantástica que tinha guardada para uma ocasião especial. Hoje!

Uma carne vegana, mais propriamente bifes veganos que são (desculpem a sinceridade mas é verdade) os melhores que já comi. O sabor, o aroma, a textura e até o aspecto são maravilhosos.

Foi uma receita que fiz inúmeras vezes,  ia sempre alterando ou acrescentando algum ingrediente até que cheguei a esta receita, para mim, a melhor!

Actualmente, existe uma grande polémica sobre os produtos veganos que se assemelham a produtos de origem animal ou que têm nomes que relembram esses produtos como os hamburgers, queijos, leites, salsichas, bifes, etc. Na minha opinião, desde que não tenham produtos de origem animal são sempre bem-vindos.

O ingrediente principal é o glúten de trigo, que vai ligar todos os ingredientes e dar aquela consistência de bife. Os outros ingredientes criam este sabor tão característico e muito saboroso.

Com estes bifes pode fazer inúmeros pratos. Utilizá-los como bifes grelhados com massa, arroz ou legumes, em tiras nas grãomeletes, nos bifinhos com cogumelos, picados, para tudo o que lhe apetecer… Inclusive já publiquei uma receita com estes bifes, a Feijoada de Quiabos.

Veja o vídeo com o passo-a-passo na nossa página de Facebook.

Nada melhor que por as mãos à obra e fazer estes deliciosos bifes No Chik:

Tempo de preparação: 30 minutos

Tempo de cozimento: a vapor 40 minutos (dependendo da capacidade da máquina ou da panela)

Doses: 7 a 8

Ingredientes
  • ½ chávena de água morna
  • ½ cubo de caldo de legumes
  • 200 gr de fotu
  • 1/3  de chávena de levedura de cerveja em flocos
  • 2 colheres de sopa de polvilho doce
  • 1 colher de chá de sal fino
  • 1 colher de chá de alho em pó
  • 2 colheres de chá cheias de cebola em flocos
  • 1 colher de sopa cheia de mostarda de Dijon
  • 1 colher de chá de ervas de Provence
  • 2 colheres de sopa de óleo de girassol
  • 1 colher de chá de fumo líquido
  • 1 chávena de glúten de trigo
  • Óleo de girassol para pincelar q.b.

Instruções

Seleccione, organize e prepare todos os ingredientes antes de começar. Este passo é muito importante!

  1. Comece por misturar a água com o cubo de caldo de legumes. Mexa até dissolver o cubo.
  2. Num processador de alimentos, coloque o tofu cortado aos cubos e triture bem.
  3. Adicione todos os restantes ingredientes com excepção do glúten de trigo. Não se esqueça do caldo que fez no ponto 1.
  4. Triture até obter uma massa lisa e homogénea.
  5. Junte o glúten de trigo e volte a ligar o processador até que a massa forme uma bola.
  6. Retire a bola e numa bancada limpa, amasse bem (cerca de 10 minutos) . Forme um cilindro e corte-o em 7 a 8 pedaços iguais.
  7. A cada pedaço, dê-lhe o formato de um bife fino. Com a ponta dos dedos pressione o bife contra a bancada assemelhando-se a uma massagem. 🙂 Vire e repita.
  8. Corte pedaços de folha de alumínio de tamanho suficiente para embrulhá-los bem (para que não fiquem cheios de vapor de água).
  9. No centro da folha de alumínio, pincele com óleo, coloque o bife no centro e feche bem.
  10. Leve a cozer a vapor por 10 minutos em cada lado.
  11. Retire os bifes do embrulho e deixe secar e repousar por 1 hora.
  12. Grelhe-os com um fio de azeite por pouco tempo, apenas até dourarem.

Já está pronto, delicie-se com estes saborosos bifes No Chik.


Experimente esta receita e deixe um comentário abaixo, não se esqueça de nos marcar nos seus posts de Instagram ou Facebook com @donaclementinavegan, vamos adorar saber a sua opinião e ver os seus dotes culinários! 

Nota: Este post pode ter publicidade a produtos/empresas e links de afiliados. Com apenas um click ou uma compra através deles, estarão a ajudar a Dona Clementina a crescer. Os produtos foram testados por mim e utilizo-os no meu quotidiano, as opiniões sobre eles são sempre sinceras e honestas.

Muito obrigada por estarem aqui connosco e nos apoiarem!
Estamos aqui também para vocês!

Clementina e Léa 🙂